7 de outubro de 2007

Momento quatro-linhas


O Senhor do Bonfim opera milagres...



Terreiros lotados, as oferendas enchiam a praia do Rio Vermelho e o Viaduto da Garibaldi com a Federação. Tudo pronto para a festa, e o personagem principal entrou em campo com a força da sua torcida e fez a festa no final. Os guerreiros rezaram, e rezaram muito, por mais uma vitória no campo de batalha. Para quem diz que final de festa não presta, se enganou hoje.

E o Bahia conseguiu...

Conseguiu, aos 49min do segundo tempo, no estádio Octávio Mangabeira (Fonte Nova), se classificar para o Octogonal da Série C do Campeonato Brasileiro.

Dependendo de uma vitória em seu jogo, e ao menos um empate entre o ABC e o Rio Branco-AC, o Bahia entrou em campo com o grande apoio da sua torcida apaixonada, que, mesmo na situação em que se encontra, permaneceu presente o lotou a Fonte Nova.

O resultado de 0 a 0 entre ABC e Rio Branco colocou o Bahia na última fase Série C.

O Bahia, Bahia de Todos os Santos, lutou! Entrou em campo para guerrear: contra si mesmo e contra um futuro que o assombra, e principalmente lutou pela sua gloriosa história e para retomar o lugar que o futebol da Bahia merece.

Não sou torcedor do Bahia, mas sou torcedor do futebol baiano, e essa vitória é mais do que digna pelo trabalho desempenhado pela equipe do Bahia, mesmo com seus dirigentes errando, e errando muito.

A guerra ainda não terminou! pela frente está a última fase. Continuem, torcedores bainos em geral, apoiando o Bahia, a Bahia merece.


Parabéns Bahia! A Bahia e o futebol baiano agradecem. E o Vitória o aguarda para ambos realizarem um Ba-Vi de Primeira.

Um parabéns em especial, também, para o Nacional de Patos da Paraíba. Moro em João Pessoa e sei o quanto o futebol daqui é desprestigiado em sua própria terra.

Esta postagem vai em homenagem ao meu tio Antonio Carlos (Lucalo), torcedor ilustre do E.C. Bahia.



Abaixo os outros classificados para o Octogonal.

ABC
Barras
Nacional-PB
Vila Nova-GO
Atlético-GO
CRAC
Bragantino

Bahia

1 Comentários:

Anonymous Wilton Oliveira disse...

O Bahia é o Baêêêêêaaaaa, portanto um clube com tantas tradições não pode ser substimado e tenha certeza que são momentos como esse que faz valer a pena cada minuto de sofrimento. Deus é brasileiro, baiano e torcedor do Bahia!
Um abraço

08/10/2007 13:59  

Postar um comentário

<< Página inicial